ERP: o que é e por que investir em um sistema de gestão integrada

Valuation: como aumentar o valor da empresa
21/02/2019
Sistema ERP: Homem usando computador com sistema ERP que atende normas da Anvisa - SAP Business One - EasyOne
Sistema ERP que atende normas da Anvisa: por que é importante?
06/03/2019
Exibir tudo

ERP: o que é e por que investir em um sistema de gestão integrada

Se você quer saber o que é ERP e por que precisa dele, podemos te ajudar. O ERP (Enterprise Resource Planning, inglês para Planejamento de Recursos da Empresa) é um sistema de gestão integrada.

Por sua vez, sistema de gestão integrada é uma ferramenta que ajuda a empresa a controlar o negócio: produção, estoque, vendas e finanças, por exemplo. E o grande diferencial entre ERP e planilhas de controle desconectadas é justamente a integração.

Esse recurso facilita o trabalho porque além de automatizar processos, mantém as informações da empresa atualizadas e precisas em uma mesma plataforma. Tudo isso melhora a performance da companhia e consequentemente, os resultados.

No livro Enterprise Resource Planning: Solutions and Management (ERP: Soluções e Gerenciamento), por exemplo, os professores Jonas Hedman e Andreas Borell explicam que um sistema de gestão integrada contribui para o aumento da produtividade e controle nos processos internos da organização.

Em um outro estudo, esse publicado no periódico científico Revista de Administração Contemporânea, o ERP também aparece como importante contribuinte na gestão, agregando valor no monitoramento de fornecedores, na eficácia organizacional e na integração de unidades.

E para ajudar você a entender com mais clareza os benefícios de um sistema integrado de gestão, preparamos esta lista com os principais motivos para investir em um ERP.


Redução de custos

Um sistema de gestão integrada permite que sua empresa economize dinheiro de diversas formas. No estoque, por exemplo, é possível evitar perda de produtos e erros de expedição graças à precisão de sistemas que operam em tempo real.

Com relação às finanças, o ERP auxilia em várias frentes – como no controle de contas a pagar e a receber, permitindo consistência ao fluxo de caixa. Consequentemente, desperdícios com juros e multas são reduzidos, o monitoramento dos pagamentos é preciso e rombos no orçamento são evitados.

Outra vantagem é a redução de despesas com retrabalho e mão de obra. Além disso, pesquisas no setor indicam que o tempo que uma empresa passa sem sistema pode custar mais do que a própria implementação da ferramenta. Isso, porque na ausência de um sistema integrado há perda de dinheiro com extravios no estoque, com retrabalho nos pedidos e com desencontro de informações contábeis.

 

Aproveite e leia também: O que é WMS – saiba tudo sobre sistema de gerenciamento de estoque


Padronização de processos

Imagine que o departamento de contabilidade armazena informações de um jeito, enquanto o setor de vendas faz isso de outro. Agora, visualize as duas equipes trocando dados ou enviando os resultados para a direção.

Além do tempo perdido para entender a lógica de gestão de cada time, formas diferentes de gerenciamento entre setores prejudicam a análise do negócio.

Por isso, mais uma importante vantagem do ERP integrado é a padronização dos processos, uma vez que tudo fica dentro da mesma plataforma e segue o mesmo procedimento. Com isso, os departamentos e sedes da empresa trabalham verdadeiramente juntos.

O resultado? Real precisão e clareza de informações – o que gera economia de tempo, produtividade e uma visão realista do negócio.

 

Equipe e chefe analisando resultados do ERP de gestão.

Com um ERP inteligente, os processos são padronizados e as análises mais assertivas. (Imagem: FreePik)


Segurança da informação

Graças a mecanismos inibidores de fraude, um sistema ERP como o SAP Business One mantém os registros precisos e confiáveis. Além disso, o armazenamento na nuvem proporciona uma importante dose de proteção extra. Os dados da companhia ficam em completa segurança e sem que você corra o risco de perdê-los.

 

Decisões mais assertivas

Como um ERP confiável mantém todos os dados da empresa na mesma plataforma clara e organizada, as análises são mais certeiras e permitem melhores decisões. No caso do SAP Business One, por exemplo, você ainda pode contar com relatórios de indicadores criados em tempo real, com apenas alguns cliques.

 

Economia de tempo e ganho de produtividade

Permitindo que tarefas manuais sejam automatizadas, com um ERP o seu time faz mais em menos tempo. Além disso, a equipe não precisa perder o foco com retrabalho – afinal, sistemas de gestão integrados inteligentes minimizam erros, significativamente.

 

Pessoas no escritório analisando um sistema ERP no computador.

ERP: Sistemas integrados de gestão ajudam a equipe a aumentar a produtividade (Imagem: FreePik)


Possibilidade de operação por módulos

Sua empresa presta serviços e por isso não trabalha com estoque, mas necessita de um controle rigoroso do fluxo de caixa e notas? Ou, ao contrário: é um negócio que demanda uma gestão precisa dos depósitos?

Produção, estoque, serviços, vendas, tributos – independente da operação, existem sistemas de gestão ERP modernos com soluções modulares que atendem as necessidades exatas das companhias.

Na EasyOne, parceira SAP há mais de 10 anos, por exemplo, as soluções Easy4All são desenvolvidas para tornar o ERP da empresa totalmente customizado às demandas do dia a dia. Esse tipo de alternativa permite que a gestão seja ainda mais completa e entregue resultados palpáveis ao negócio – e é mais uma vantagem dos sistemas de gestão integrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *