Segurança da informação: como proteger dados da empresa

No labirinto digital da era moderna, a segurança da informação tem se tornado uma prioridade incontornável para empresas de todos os tamanhos e setores, não é mesmo?

A proteção de dados não é apenas uma questão de compliance e boas práticas, mas uma necessidade urgente em um cenário onde as ameaças digitais estão em constante evolução. 

Segundo a CyberNews, o Brasil é o 12º maior alvo de ciberataques — tendo sido, inclusive, um dos atingidos no que foi o maior vazamento de registros da história (26 bilhões), conhecido como MOAB.

Mas não são apenas os dados digitais que estão em risco. Recentemente, um incidente envolvendo o vazamento de dados sensíveis a respeito da saúde de uma pessoa famosa reacendeu o debate sobre a importância da segurança da informação, mostrando o quão devastadoras podem ser as consequências de falhas de proteção.

Em meio a este cenário, vamos analisar e trazer algumas dicas de como você pode proteger dados da sua empresa ou indústria, para a compliance e para garantir a segurança da informação de maneira profissional. Acompanhe para saber mais.

Segurança da informação: a importância da proteção de dados sensíveis

Dados sensíveis, sejam eles financeiros, estratégicos ou pessoais, constituem a espinha dorsal de qualquer organização. Contudo, a exposição dessas informações pode levar a perdas financeiras significativas, danos à reputação e até mesmo a sanções legais. 

Os incidentes mencionados anteriormente servem como um lembrete crítico: a segurança da informação é fundamental. Mas, o que podemos fazer para proteger esses dados tão valiosos?

Legislação e compliance: a LGPD no Brasil

No Brasil, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) estabelece diretrizes claras para a coleta, o armazenamento e o tratamento de dados pessoais. 

A conformidade com a LGPD não é apenas uma obrigação legal, mas um sinal de respeito pela privacidade e segurança dos dados dos clientes. Portanto, entender e aplicar as exigências dessa legislação é o primeiro passo para qualquer estratégia de proteção de dados.

De maneira prática, a LGPD afeta qualquer operação de tratamento de dados pessoais, seja essa operação realizada dentro ou fora do Brasil, desde que o dado coletado seja de uma pessoa no Brasil ou que a oferta de produtos ou serviços seja no país. Aqui estão os pontos principais:

  1. Consentimento: para coletar e usar dados pessoais, as empresas precisam obter o consentimento claro e inequívoco do titular dos dados. Esse consentimento pode ser retirado a qualquer momento pelo titular.
  1. Transparência: as empresas devem ser transparentes sobre como os dados são coletados, usados e compartilhados. Deve haver clareza sobre o propósito da coleta de dados.
  1. Direito do Titular: os indivíduos têm direitos expansivos sobre seus dados, incluindo o direito de acessar seus dados, corrigir informações incorretas, deletar seus dados sob certas condições, e mais.
  1. Segurança e Prevenção: as organizações devem adotar medidas técnicas e administrativas capazes de proteger os dados pessoais de acessos não autorizados e de situações acidentais ou ilícitas de destruição, perda, alteração, comunicação ou qualquer forma de tratamento inadequado.
  1. Notificação de Incidentes: em caso de violação de dados que possa causar dano aos titulares, as empresas são obrigadas a notificar tanto os indivíduos afetados quanto a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

Sendo assim, as empresas precisam revisar seus processos e sistemas para garantir a conformidade, o que inclui desde a coleta de dados até a sua eliminação.

Estratégias efetivas para proteção de dados

Agora que temos um entendimento claro da LGPD, vamos nos aprofundar em estratégias práticas que as empresas podem adotar para proteger dados sensíveis, reforçando assim a segurança da informação. Acompanhe.

 1 – Classificação de dados

Identifique e classifique os dados coletados de acordo com seu nível de sensibilidade. Isso ajuda a determinar as medidas de segurança mais adequadas para cada tipo de dado.

2 – Políticas de segurança e privacidade

Desenvolva políticas claras que definam como os dados devem ser manuseados e protegidos em toda a organização. Essas políticas devem ser comunicadas a todos os funcionários.

3 – Treinamento de funcionários

Promova treinamentos regulares para conscientizar os colaboradores sobre a importância da proteção de dados, as políticas da empresa e as melhores práticas de segurança.

4 – Criptografia de dados

Use criptografia para proteger dados sensíveis armazenados e durante a transmissão. Isso torna os dados ilegíveis para qualquer pessoa que não possua a chave de descriptografia.

5 – Gerenciamento de acesso

Implemente controles de acesso rigorosos para garantir que apenas pessoas autorizadas possam acessar informações sensíveis. Isso inclui o uso de autenticação multifator e o princípio do menor privilégio.

6 – Monitoramento e resposta a incidentes

Monitore continuamente os sistemas para detectar atividades suspeitas e tenha um plano de resposta a incidentes para agir rapidamente em caso de violações de segurança.

7 – Backup e recuperação de dados

Mantenha backups regulares de dados importantes e tenha um plano de recuperação de desastres bem definido. Isso é vital para garantir a continuidade dos negócios em caso de perda de dados por falhas técnicas, ataques cibernéticos ou desastres naturais.

Segurança e Compliance no SAP Business One

Após compreender essas estratégias fundamentais, a escolha de um sistema robusto que as suporte torna-se crucial. Neste cenário, o ERP SAP emerge como uma referência indiscutível em segurança e compliance, oferecendo uma plataforma sólida para a gestão integrada de dados sensíveis. 

Sua capacidade de integrar políticas de segurança, controle de acesso e criptografia de dados em um único ambiente faz dele a escolha inteligente para empresas que levam a sério a proteção de suas informações — e o SAP Business One é um bom exemplo disso.

Somado a isto, a implementação do SAP, realizada por especialistas como a EasyOne, não apenas fortalece a segurança da informação, mas também assegura a conformidade com a LGPD e outras normativas, proporcionando paz de espírito para você e seus clientes.

Com a EasyOne ao seu lado, a excelência em segurança da informação se transforma em uma realidade alcançável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 9 =

Converse conosco

Quer um orçamento ou deseja entender como o ERP da SAP vai ajudar sua empresa?

Preencha com seus dados e nossa equipe entrará em contato.