Qual o melhor sistema de gestão para grandes e médias indústrias?

Se você quer saber qual o melhor sistema de gestão para grandes e médias indústrias, veio ao lugar certo. Neste texto iremos te ajudar a escolher o ERP para médias indústrias ideal e o software de gestão para grandes indústrias mais recomendado.

E tem mais: apresentaremos um pouco do SAP Business One para médias e grandes indústrias, um ERP industrial fantástico que você precisa conhecer.

E para começar, é importante destacar que são vários pontos a levar em consideração, visto que a gestão de indústrias maiores requer um trabalho contínuo e dedicado e com muita atenção aos detalhes. Isso, porque cada erro ou falha pode representar um prejuízo gigante. Entenda mais na continuação do artigo!

Melhor sistema de gestão para grandes e médias indústrias: os desafios que um ERP precisa solucionar

O setor das médias e grandes indústrias enfrenta desafios significativos todos os dias – uma vez que com grandes oportunidades surgem também grandes obstáculos. Alguns dos desafios que podemos destacar são reduzir custos operacionais, aumentar a eficiência das operações, modernizar a produção e mensurar as demandas.

Por isso, é importante contar com ferramentas de trabalho inteligentes e eficientes, como um bom ERP para médias e grandes indústrias, para ajudar na gestão e na superação desses desafios.

Para que isso aconteça, é necessário entender qual é o melhor sistema de gestão para médias e grandes indústrias. E para chegar a este resultado, vamos analisar quais características um ERP deve ter para atender as demandas do setor industrial.

1 – Converter moedas automaticamente

Começando por algo que parece simples, mas que na verdade pode ser uma mão na roda para o gestor de indústria: fazer a conversão automática de moedas. É importante que o sistema de gestão tenha essa funcionalidade, uma vez que empresas de grande e médio porte fazem negócios com empresas estrangeiras com mais frequência.

Dessa forma, ao comprar de uma importadora, por exemplo, o sistema calcula automaticamente o preço dos produtos em reais, de forma rápida e precisa. Assim, não há a necessidade de um colaborador perder tempo fazendo a conta manualmente, e ainda correr risco de errar por conta da volatilidade do valor das principais moedas do mercado. 

Além disso, fica muito mais fácil e assertivo gerenciar filiais ou sedes fora do Brasil. Os sistemas de gestão da SAP, por exemplo, permitem a integração de filiais e a conversão automática de moedas, e por isso são altamente indicados para indústrias médias e grandes.

2 – Fazer a integração de todos os setores

Agora falando de algo um pouco mais complexo, mas que muitos gestores ainda deixam passar na hora de escolherem o melhor ERP para indústrias: integração total.

Empresas maiores, como grandes indústrias, possuem diversos departamentos. E ainda é comum que alguns setores usem planilhas ou sistemas independentes para gestão.

Mas, essa prática é prejudicial uma vez que dados podem ser perdidos. Também fica mais difícil e demorado para o gestor ter acesso a relatórios de parâmetros gerais da empresa – algo que impacta no processo de decisões estratégicas.

Portanto, é importante que um sistema de gestão para indústria permita a integração total de todos os setores. O SAP faz isso em tempo real, inclusive, tornando o sistema bastante dinâmico e com informações atualizadas – o que pode fazer grande diferença na gestão de uma grande empresa ou indústria.

3 – Calcular impostos automaticamente

Toda empresa que comercializa qualquer tipo de produto ou serviço precisa pagar impostos. E a quantidade é ainda maior quando estamos falando de médias ou grandes indústrias. Além disso, o cálculo torna-se mais complexo devido às operações com grandes fornecedores, importadoras e exportadoras.

Para as indústrias principalmente que fazem negócios com vários estados brasileiros, fazer o cálculo manual das alíquotas de cada região pode ser complexo e demorado. Por estes motivos é que o cálculo automático de impostos é tão importante. Não é exagero dizer que é fundamental que o ERP de grandes indústrias permita tal configuração.

Com o cálculo automático dos impostos, como acontece com os sistemas de gestão SAP, você economiza tempo, profissionaliza sua gestão, e fica muito menos suscetível a erros. Além disso, sobra mais tempo para você e seu time focarem no que realmente importa, como conquistarem mais clientes, por exemplo.

4 – Fazer a gestão do estoque

Grande parte do valor das médias e grandes indústrias está no estoque. Tudo o que é produzido ou processado passa por ele, e por isso o seu controle precisa ser extremamente acurado.

Porém, os desafios podem ser muitos. Controlar o vencimento de mercadorias perecíveis, o tamanho e o peso dos itens, o melhor lugar no armazém para estocá-los, a data de entrada e saída dos lotes, controlar as etiquetas, rastrear a movimentação dos produtos… enfim, são tarefas complexas e de grande responsabilidade.

Desta forma, se faz necessário contar com um software de gestão confiável para ajudar nessa gestão. É por isso que destacamos a gestão de estoque como uma característica essencial para um bom ERP para indústrias de médio e grande porte.

Nesse sentido, os sistemas SAP possibilitam o controle automatizado das mercadorias, com contagem precisa dos itens em tempo real (isso significa que o inventário está sempre pronto), permite acabar com problemas de extravios e desperdícios, planejar as compras com precisão, e realizar todas as funções que citamos acima.

Isso tudo de maneira totalmente integrada com os demais setores da empresa. Assim, atividades como vendas, compras, e análise de relatórios tornam-se muito eficientes.

SAP Business One: o ERP ideal para grandes e médias indústrias

O SAP Business One é um ERP SAP altamente indicado para indústrias grandes e médias porque tem a capacidade de resolver os problemas que mencionamos neste artigo, e muitos outros. Um destaque é a adaptabilidade do software, que é desenhado de acordo com as necessidades da empresa, mas que tem a capacidade de ser incrementado conforme a indústria cresce.

Vale mencionar que o SAP B1 é seguro, confiável, e referência no mercado, principalmente nos quesitos eficiência e compliance. Ele armazena os dados na nuvem, o que traz mais rapidez e segurança ao sistema. Além disso, sua implementação é rápida e o time recebe todo o treinamento necessário para sua utilização.

Quer saber mais sobre o SAP Business One? Entre em contato com nosso time de consultores. Somos uma empresa parceira da SAP no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − dois =

Converse conosco

Quer um orçamento ou deseja entender como o ERP da SAP vai ajudar sua empresa?

Preencha com seus dados e nossa equipe entrará em contato.